Associação Catarinense de Preservação da Natureza
Blumenau, 27 de Janeiro de 2020

NOTÍCIAS

Servidores do Ibama decidem manter greve em todo o País

.: 16 / Mai / 2007

Os servidores do Ibama - Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis decidiram pela manutenção da greve iniciada na segunda-feira. Nesta terça-feira (15), a paralisação atingia todos os 26 Estados do País e o Distrito Federal, segundo balanço da Associação Nacional dos Servidores do Ibama.

Na tarde de terça, os servidores resolveram recorrer da decisão judicial que, por meio de liminar, determinou na véspera a manutenção do funcionamento de todos os serviços prestados pela autarquia. A liminar, expedida pela 17ª Vara da Justiça Federal, fixou em 50% o efetivo mínimo obrigado a comparecer trabalho.

A decisão de recorrer da liminar foi tomada em conjunto pela Associação Nacional dos Servidores do Ibama, pela Confederação Nacional dos Servidores Públicos Federais e pelo Sindicato dos Servidores Públicos Federais do Distrito Federal. A expectativa é que as três entidades entrem com recurso ainda nesta noite (utilizando assim o plantão da Justiça).

"Estamos recorrendo da decisão judicial. A greve é um direito e todos os serviços do Ibama que atuam em áreas relacionadas ao patrimônio público estão trabalhando para que não ocorra nenhum dano", assegurou o presidente da Associação Nacional dos Servidores do Ibama, Jonas Corrêa. Entre os serviços que estão sendo realizados normalmente, segundo a associação, estão o de fiscalização de parques e monitoramento de queimadas e de acidentes ambientais.

A greve nacional no Ibama teve início no domingo (13) e foi deflagrada em uma reação à Medida Provisória editada pelo governo. A MP dividiu a autarquia em dois, criando o Instituto Chico Mendes de Biodiversidade e Conservação. Antes da reforma, o Ibama contava com 6.400 funcionários.

Nesta terça, os sindicalistas informaram que não poderiam precisar o percentual de funcionários do Ibama que aderiram à paralisação. A liminar expedida pela Justiça fixou multa diária de R$ 5 mil caso o efetivo mínimo de 50% não fosse cumprido.

O próprio Ibama também não soube informar quantos funcionários deram expediente um dia depois da determinação judicial. O órgão prometeu para esta quarta-feira (16) um balanço com o número de funcionários em atividade, que será feito com base no livro ponto da autarquia.

Segundo sindicalistas, mesmo antes da decisão judicial em alguns Estados estava havendo pressão para que a greve não prosseguisse. No Paraná, de acordo com eles, houve ameaça de corte do livro ponto.

Fonte: Ana Paula Scinocca/ Estadão Online


OUTRAS NOTÍCIAS

» Ver todas as noticias de Abril/2016
» Ver todas as noticias de Junho/2015
» Ver todas as noticias de Abril/2015
» Ver todas as noticias de Março/2015
» Ver todas as noticias de Janeiro/2015
» Ver todas as noticias de Outubro/2014
» Ver todas as noticias de Julho/2014
» Ver todas as noticias de Junho/2014
» Ver todas as noticias de Maio/2014
» Ver todas as noticias de Abril/2014
» Ver todas as noticias de Março/2014
» Ver todas as noticias de Fevereiro/2014
» Ver todas as noticias de Dezembro/2013
» Ver todas as noticias de Novembro/2013
» Ver todas as noticias de Setembro/2013
» Ver todas as noticias de Agosto/2013
» Ver todas as noticias de Julho/2013
» Ver todas as noticias de Junho/2013
» Ver todas as noticias de Maio/2013
» Ver todas as noticias de Abril/2013
» Ver todas as noticias de Abril/2012
» Ver todas as noticias de Fevereiro/2012
» Ver todas as noticias de Janeiro/2012
» Ver todas as noticias de Junho/2011
» Ver todas as noticias de Maio/2011
» Ver todas as noticias de Abril/2011
» Ver todas as noticias de Março/2011
» Ver todas as noticias de Fevereiro/2011
» Ver todas as noticias de Janeiro/2011
» Ver todas as noticias de Dezembro/2010
» Ver todas as noticias de Novembro/2010
» Ver todas as noticias de Outubro/2010
» Ver todas as noticias de Setembro/2010
» Ver todas as noticias de Agosto/2010
» Ver todas as noticias de Julho/2010
» Ver todas as noticias de Junho/2010
» Ver todas as noticias de Maio/2010
» Ver todas as noticias de Abril/2010
» Ver todas as noticias de Março/2010
» Ver todas as noticias de Fevereiro/2010
» Ver todas as noticias de Janeiro/2010
» Ver todas as noticias de Dezembro/2009
» Ver todas as noticias de Novembro/2009
» Ver todas as noticias de Outubro/2009
» Ver todas as noticias de Setembro/2009
» Ver todas as noticias de Agosto/2009
» Ver todas as noticias de Julho/2009
» Ver todas as noticias de Junho/2009
» Ver todas as noticias de Maio/2009
» Ver todas as noticias de Abril/2009
» Ver todas as noticias de Março/2009
» Ver todas as noticias de Fevereiro/2009
» Ver todas as noticias de Janeiro/2009
» Ver todas as noticias de Dezembro/2008
» Ver todas as noticias de Novembro/2008
» Ver todas as noticias de Outubro/2008
» Ver todas as noticias de Setembro/2008
» Ver todas as noticias de Agosto/2008
» Ver todas as noticias de Julho/2008
» Ver todas as noticias de Junho/2008
» Ver todas as noticias de Maio/2008
» Ver todas as noticias de Abril/2008
» Ver todas as noticias de Março/2008
» Ver todas as noticias de Fevereiro/2008
» Ver todas as noticias de Janeiro/2008
» Ver todas as noticias de Dezembro/2007
» Ver todas as noticias de Novembro/2007
» Ver todas as noticias de Outubro/2007
» Ver todas as noticias de Setembro/2007
» Ver todas as noticias de Agosto/2007
» Ver todas as noticias de Julho/2007
» Ver todas as noticias de Junho/2007
» Ver todas as noticias de Maio/2007
» Ver todas as noticias de Abril/2007
» Ver todas as noticias de Março/2007
» Ver todas as noticias de Fevereiro/2007
» Ver todas as noticias de Janeiro/2007
....................................................................................................................................................
Acaprena - Associação Catarinense de Preservação da Natureza
Rua Antônio da Veiga, 140 - Sala D107 - Victor Konder - Blumenau - SC
Fone: (47) 3321-0434 - E-mail: contato@acaprena.org.br

....................................................................................................................................................