Associação Catarinense de Preservação da Natureza
Blumenau, 17 de Novembro de 2019

NOTÍCIAS

Marina Silva participa dos 70 anos de Itatiaia

.: 29 / Jun / 2007

A ministra do Meio Ambiente, Marina Silva, participou no início da tarde desta quinta-feira (28) da cerimônia de comemoração dos 70 anos do Parque Nacional do Itatiaia, no estado do Rio de Janeiro. O evento reuniu representantes de organizações não-governamentais, da iniciativa privada e dos governos locais, estaduais e federal, além do Exército.

Em seu discurso, Marina Silva lembrou que em 1989, quando o Ibama foi criado, o Brasil contava com 130 unidades de conservação, somando 15 milhões de hectares. Hoje, são 288 unidades, ou seja, 70 milhões de hectares protegidos, e o governo federal planeja chegar ao final de 2010 com 100 milhões de hectares de unidades de conservação. A ministra destacou que somente nos últimos quatro anos o governo criou 20 milhões de hectares de área protegida e que há um esforço para criar políticas direcionadas a esse patrimônio, que se traduzem em apoio orçamentário, modernização da gestão pública e qualificação de pessoal.

Marina Silva disse também que a média do número de visitantes em unidades de conservação a cada ano, calculado em 2 milhões de pessoas, ainda é muito pequena diante da riqueza que o País oferece. Para mudar esse cenário, salientou que o MMA - Ministério do Meio Ambiente está desenvolvendo uma agenda conjunta com o Ministério do Turismo. Segundo ela, o aumento no número de funcionários do Ibama e o aumento no salário desses funcionários, registrados desde 2003, têm influência positiva nesse processo, bem como a recente reestruturação do MMA e a criação do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade, voltado especialmente para a gestão das unidades de conservação.

Para a ministra, o governo e a sociedade estão se capacitando para cuidar da área protegida do País. O Programa 70 Anos, lançado por ela em 13 de abril de 2006 para reestruturar o Itatiaia, é exemplo disso. Foi a partir dessa iniciativa que inúmeras inovações foram desenvolvidas na unidade de conservação mais antiga do País. Na cerimônia desta quinta-feira (28), a ministra descerrou a placa de inauguração das obras do Centro de Visitantes Wanderbilt Duarte de Barros, que foi totalmente revisitado no âmbito do programa. O prédio foi construído na década de 40 e teve a fachada restaurada. Os abrigos de visitantes também foram reformados e um novo folder, chamado Planalto do Itatiaia, foi elaborado com o apoio da Famesp - Federação de Montanhismo de São Paulo. O material contém recomendações para caminhadas, escaladas e, especialmente, orientações para os turistas que visitam a parte alta do parque, onde estão localizadas as principais trilhas.

Na abertura da cerimônia, o diretor do parque, Walter Behr, falou sobre o que já foi desenvolvido e sobre os próximos passos do Programa 70 Anos. Está prevista a instalação de terminais multimídia no Centro de Visitantes, com as principais informações do parque, de uma cafeteria e uma loja de souvenir. Também está sendo planejada uma sala de montanhismo e uma exposição interpretativa, com jogos interativos para a educação ambiental das crianças. Novas exposições e mostras de fotografia devem fazer parte do calendário do parque para atrair novos visitantes. Atualmente, cerca de 80 mil pessoas visitam o parque a cada ano.

Os recursos do programa, que servirá de referência para a reestruturação de outros parques nacionais, tiveram origem no sistema de compensação ambiental. Duas empresas, cujos empreendimentos causaram danos ao meio ambiente, destinaram um percentual do investimento nas melhorias do parque, conforme determina a legislação nesses casos. Uma dedicou R$ 3,05 milhões e outra R$ 415 mil. O Itatiaia também conta com o apoio de empresas parceiras, como a Natura, Instituto Votorantim, INB (Indústrias Nucleares do Brasil) e Cogumelo (madeira plástica).

Na solenidade, também foi lançada uma moeda de prata cunhada para celebrar os 70 anos do parque pela Casa da Moeda do Brasil. Em um dos lados da moeda, a artista plástica Katia Dias idealizou a imagem do tronco de uma árvore, com o esquilo caxinguelê no galho, e alegorias de folhas formando uma moldura. Ao fundo, o Pico das Agulhas Negras, com as legendas "Parque Nacional do Itatiaia" e "70 anos". O objetivo foi representar a fauna e a flora da região. No outro lado da moeda, a artista representou a floresta da unidade de conservação com folhas e galhos retorcidos e o Centro de Visitantes, numa referência à relação do homem com o meio ambiente.

Durante o evento, a ministra homenageou o funcionário do parque José da Silva. Ele trabalhava na unidade de conservação quando ela foi criada pelo então presidente Getúlio Vargas, em 14 de junho de 1937.

Fonte: MMA


OUTRAS NOTÍCIAS

» Ver todas as noticias de Abril/2016
» Ver todas as noticias de Junho/2015
» Ver todas as noticias de Abril/2015
» Ver todas as noticias de Março/2015
» Ver todas as noticias de Janeiro/2015
» Ver todas as noticias de Outubro/2014
» Ver todas as noticias de Julho/2014
» Ver todas as noticias de Junho/2014
» Ver todas as noticias de Maio/2014
» Ver todas as noticias de Abril/2014
» Ver todas as noticias de Março/2014
» Ver todas as noticias de Fevereiro/2014
» Ver todas as noticias de Dezembro/2013
» Ver todas as noticias de Novembro/2013
» Ver todas as noticias de Setembro/2013
» Ver todas as noticias de Agosto/2013
» Ver todas as noticias de Julho/2013
» Ver todas as noticias de Junho/2013
» Ver todas as noticias de Maio/2013
» Ver todas as noticias de Abril/2013
» Ver todas as noticias de Abril/2012
» Ver todas as noticias de Fevereiro/2012
» Ver todas as noticias de Janeiro/2012
» Ver todas as noticias de Junho/2011
» Ver todas as noticias de Maio/2011
» Ver todas as noticias de Abril/2011
» Ver todas as noticias de Março/2011
» Ver todas as noticias de Fevereiro/2011
» Ver todas as noticias de Janeiro/2011
» Ver todas as noticias de Dezembro/2010
» Ver todas as noticias de Novembro/2010
» Ver todas as noticias de Outubro/2010
» Ver todas as noticias de Setembro/2010
» Ver todas as noticias de Agosto/2010
» Ver todas as noticias de Julho/2010
» Ver todas as noticias de Junho/2010
» Ver todas as noticias de Maio/2010
» Ver todas as noticias de Abril/2010
» Ver todas as noticias de Março/2010
» Ver todas as noticias de Fevereiro/2010
» Ver todas as noticias de Janeiro/2010
» Ver todas as noticias de Dezembro/2009
» Ver todas as noticias de Novembro/2009
» Ver todas as noticias de Outubro/2009
» Ver todas as noticias de Setembro/2009
» Ver todas as noticias de Agosto/2009
» Ver todas as noticias de Julho/2009
» Ver todas as noticias de Junho/2009
» Ver todas as noticias de Maio/2009
» Ver todas as noticias de Abril/2009
» Ver todas as noticias de Março/2009
» Ver todas as noticias de Fevereiro/2009
» Ver todas as noticias de Janeiro/2009
» Ver todas as noticias de Dezembro/2008
» Ver todas as noticias de Novembro/2008
» Ver todas as noticias de Outubro/2008
» Ver todas as noticias de Setembro/2008
» Ver todas as noticias de Agosto/2008
» Ver todas as noticias de Julho/2008
» Ver todas as noticias de Junho/2008
» Ver todas as noticias de Maio/2008
» Ver todas as noticias de Abril/2008
» Ver todas as noticias de Março/2008
» Ver todas as noticias de Fevereiro/2008
» Ver todas as noticias de Janeiro/2008
» Ver todas as noticias de Dezembro/2007
» Ver todas as noticias de Novembro/2007
» Ver todas as noticias de Outubro/2007
» Ver todas as noticias de Setembro/2007
» Ver todas as noticias de Agosto/2007
» Ver todas as noticias de Julho/2007
» Ver todas as noticias de Junho/2007
» Ver todas as noticias de Maio/2007
» Ver todas as noticias de Abril/2007
» Ver todas as noticias de Março/2007
» Ver todas as noticias de Fevereiro/2007
» Ver todas as noticias de Janeiro/2007
....................................................................................................................................................
Acaprena - Associação Catarinense de Preservação da Natureza
Rua Antônio da Veiga, 140 - Sala D107 - Victor Konder - Blumenau - SC
Fone: (47) 3321-0434 - E-mail: contato@acaprena.org.br

....................................................................................................................................................