Associação Catarinense de Preservação da Natureza
Blumenau, 19 de Janeiro de 2020

NOTÍCIAS

Papagaio-africano ganha atenção com fama de inteligente

.: 15 / Abr / 2008

Difícil passar por ele e não ficar encantado com sua plumagem exuberantemente cinza. O papagaio-africano ou do Congo, primo do louro verdinho nacional, é um dos psitacídeos (família da qual todos os papagaios fazem parte) mais conhecidos do mundo. Mas a beleza é apenas o começo.

A ave tem inteligência comparada à de golfinhos e macacos. Não pára por aí. A espécie exibe ainda outras características impressionantes: ela pode viver até 80 anos, tem capacidade de aprender cerca de 5.000 palavras e mostra inteligência comparável à de uma criança de cinco anos. Tantos atributos garantem popularidade ao papagaio que vem da África, mesmo o animal ostentando uma cifra tão alta - ele custa pelo menos R$ 12 mil.

Só na Au Pet Store, na zona sul de São Paulo, foram vendidos oito animais desde o início deste ano. ''A procura tende a ser grande no verão e no outono por conta de eles se reproduzirem durante a primavera'', explica Vanderson Matos Santana, gerente da loja.

''Todo mundo que vê o bicho se encanta'', diz Antonietta Ficucella, bióloga e gerente da Amazon Zoo, outra loja de São Paulo que vende o pássaro. Ela mesma tem uma fêmea de quatro anos em casa. ''É muito divertido conviver com eles. A minha conguinha aprende as coisas mesmo sem que eu as ensine. Ela repete tudo o que ouve."

O aprendizado dos papagaios africanos ocorre por meio da associação de idéias. Há registros de animais que conseguiam discernir cores, quantidades e formas.

O caso mais famoso é o de Alex, ave da pesquisadora norte-americana Irene Pepperberg, das universidades de Harvard e Brandeis. O animal se tornou celebridade e revolucionou o estudo sobre a inteligência das aves no mundo ao mostrar sua capacidade de cognição e ajudar a pesquisar a evolução da linguagem no cérebro. O bicho morreu em setembro passado, aos 31 anos.

Alex teve morte súbita, causada possivelmente por um ataque cardíaco ou derrame, mas foi um caso incomum. Em geral, os animais da espécie vivem cerca de 60 anos. Os principais problemas de saúde estão ligados ao sistema respiratório.

Cuidados especiais - Veterinários recomendam proteger sempre a ave do vento e de mudanças bruscas de temperatura. Durante o verão, vale borrifar o bicho com um pouco d'água.

Fora isso, os cuidados são brincar com o animal algumas horas por dia, falando ou com brinquedos especiais, à venda nas pet shops, além, claro, de manter a limpeza das gaiolas e a alimentação adequada.

As gaiolas, aliás, são recomendadas apenas como dormitório e abrigo para as aves. ''É importante que elas se exercitem e fiquem soltas, senão durante todo o dia, pelo menos por boa parte dele'', ensina Santana.

A opção de ter um animal com asas cortadas ou não é do dono. Mas isso não diminui sua responsabilidade sobre os cuidados, que podem durar uma vida toda ou até ficar de herança para as próximas gerações. Soltar aves nascidas em cativeiro na natureza é crime. No caso do papagaio-africano, que não faz parte da fauna brasileira, as conseqüências para o ecossistema são imprevisíveis, segundo os especialistas.

Na legalidade, o alto preço de aves como essa se deve ao fato de ser um animal exótico e que tem sua reprodução controlada e fiscalizada pelo Ibama (Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis). Outros exemplos são as cacatuas-australianas, cujo preço gira em torno de R$ 15 mil.

A reprodução doméstica é difícil e possível apenas durante a primavera. Mas se um casal de papagaios-africanos legalizados tiver filhotes, eles não poderão ser comercializados por não estarem na lista de criadouros oficiais.

Só criadores regulamentados podem reproduzir a espécie em cativeiro, assim como as pet shops que revendem as aves precisam de uma licença especial, concedida pelo Ibama.

Ao comprar o animal, é preciso exigir que ele venha com um anel de identificação numerado em uma das patas. Além de nota fiscal com o número correspondente ao registro, a espécie, o sexo e a origem do animal. É o documento que comprova que o pet está dentro da lei ambiental do país.

Fonte: Folha Online


OUTRAS NOTÍCIAS

» Ver todas as noticias de Abril/2016
» Ver todas as noticias de Junho/2015
» Ver todas as noticias de Abril/2015
» Ver todas as noticias de Março/2015
» Ver todas as noticias de Janeiro/2015
» Ver todas as noticias de Outubro/2014
» Ver todas as noticias de Julho/2014
» Ver todas as noticias de Junho/2014
» Ver todas as noticias de Maio/2014
» Ver todas as noticias de Abril/2014
» Ver todas as noticias de Março/2014
» Ver todas as noticias de Fevereiro/2014
» Ver todas as noticias de Dezembro/2013
» Ver todas as noticias de Novembro/2013
» Ver todas as noticias de Setembro/2013
» Ver todas as noticias de Agosto/2013
» Ver todas as noticias de Julho/2013
» Ver todas as noticias de Junho/2013
» Ver todas as noticias de Maio/2013
» Ver todas as noticias de Abril/2013
» Ver todas as noticias de Abril/2012
» Ver todas as noticias de Fevereiro/2012
» Ver todas as noticias de Janeiro/2012
» Ver todas as noticias de Junho/2011
» Ver todas as noticias de Maio/2011
» Ver todas as noticias de Abril/2011
» Ver todas as noticias de Março/2011
» Ver todas as noticias de Fevereiro/2011
» Ver todas as noticias de Janeiro/2011
» Ver todas as noticias de Dezembro/2010
» Ver todas as noticias de Novembro/2010
» Ver todas as noticias de Outubro/2010
» Ver todas as noticias de Setembro/2010
» Ver todas as noticias de Agosto/2010
» Ver todas as noticias de Julho/2010
» Ver todas as noticias de Junho/2010
» Ver todas as noticias de Maio/2010
» Ver todas as noticias de Abril/2010
» Ver todas as noticias de Março/2010
» Ver todas as noticias de Fevereiro/2010
» Ver todas as noticias de Janeiro/2010
» Ver todas as noticias de Dezembro/2009
» Ver todas as noticias de Novembro/2009
» Ver todas as noticias de Outubro/2009
» Ver todas as noticias de Setembro/2009
» Ver todas as noticias de Agosto/2009
» Ver todas as noticias de Julho/2009
» Ver todas as noticias de Junho/2009
» Ver todas as noticias de Maio/2009
» Ver todas as noticias de Abril/2009
» Ver todas as noticias de Março/2009
» Ver todas as noticias de Fevereiro/2009
» Ver todas as noticias de Janeiro/2009
» Ver todas as noticias de Dezembro/2008
» Ver todas as noticias de Novembro/2008
» Ver todas as noticias de Outubro/2008
» Ver todas as noticias de Setembro/2008
» Ver todas as noticias de Agosto/2008
» Ver todas as noticias de Julho/2008
» Ver todas as noticias de Junho/2008
» Ver todas as noticias de Maio/2008
» Ver todas as noticias de Abril/2008
» Ver todas as noticias de Março/2008
» Ver todas as noticias de Fevereiro/2008
» Ver todas as noticias de Janeiro/2008
» Ver todas as noticias de Dezembro/2007
» Ver todas as noticias de Novembro/2007
» Ver todas as noticias de Outubro/2007
» Ver todas as noticias de Setembro/2007
» Ver todas as noticias de Agosto/2007
» Ver todas as noticias de Julho/2007
» Ver todas as noticias de Junho/2007
» Ver todas as noticias de Maio/2007
» Ver todas as noticias de Abril/2007
» Ver todas as noticias de Março/2007
» Ver todas as noticias de Fevereiro/2007
» Ver todas as noticias de Janeiro/2007
....................................................................................................................................................
Acaprena - Associação Catarinense de Preservação da Natureza
Rua Antônio da Veiga, 140 - Sala D107 - Victor Konder - Blumenau - SC
Fone: (47) 3321-0434 - E-mail: contato@acaprena.org.br

....................................................................................................................................................